E-familynet e Galinha Pintadinha! Concorra à DVDs Galinha Pintadinha 4       Clique aqui para saber mais!
  Bem vindo ao E-familynet  |  Seguir E-familynet 
  
  
 Faça E-family a sua home page  |  Entrar  |  Novo por aqui? Cadastre-se 100% gratis  |  Tem algo para compartilhar?  
 
 Cadastre-se
 
 Meu Perfil
 
 Meu Mural
 
 Minhas Notícias
 
 Mensagens
 
 Meus Amigos
 
 Tópicos favoritos
 
 Mais opções...(clique)
 
 Entrar / Login


 

 667 usuários online no momento. Participe em nossa comunidade é divertido e é totalmente gratuito!

A ocorrência de uma gravidez gemelar

Para muitas pessoas, essa é uma dúvida que vem em mente ao se engravidar ou até antes: "Quais as minhas chances de ter gêmeos?" Para alguns, porque já houve casos na família e para outros porque já se submeteram à tratamentos de fertilidade. Uns gostariam de ter uma gravidez gemelar, outros pretendem evitar ao máximo...

Está comprovado que a aparição de gêmeos se dá mais em umas famílias que em outras.
Isso se deve à um gene que a mulher possui e que predispõe a uma ovulação dupla. Se a futura mãe é filha de uma mulher que teve gêmeos, ou se ela tem uma tia que já teve gêmeos, suas chances de ter uma gravidez gemelar são maiores. Mas o homem pode transmitir esse gene para sua filha também.
Se o pai tem um irmão gêmeo ou em sua família há caso de gêmeos, esse gene pode ser transmitido para sua filha e esta terá maiores chances de ter uma gravidez gemelar. Até onde se sabe, só o lado da mulher é que conta ou seja, se o seu marido é gêmeo, isso não influi em suas chances mas, se você tem uma irmã gêmea, suas chances são altas.

Mas, sem dúvidas há famílias em que nunca houve um caso de gravidez gemelar e então, aí está o primeiro caso. Como explicar? Há várias possibilidades:
A idade da mulher é um fator que conta. Quanto mais alta sua idade ao engravidar, maiores suas chances de ter gêmeos. Acima dos 30 suas chances já começam a aumentar. Conforme a mulher vai envelhecendo seu corpo naturalmente produz mais hormônios que estimulam a ovulação o que pode levar seus ovários à liberarem mais óvulos à cada mês.
Depois de tomar pílulas anticoncepcionais durante muitos anos, há grandes chances de se ter gêmeos (tanto monozigóticos como dizigóticos). Não se sabe o porquê, nem está comprovado cientificamente mas, o número de casos de mulheresque engravidaram de gêmeos e afirmaram que foi logo após deixarem um tratamento anticoncepcional de pílulas durante vários anos leva-se a acreditar nessa possibilidade.
Após vários partos anteriores, aumenta-se a chance para uma gravidez gemelar.
Se a mulher se submete a um tratamento de fertilidade, suas chances de ter gêmeos ou múltiplos aumenta consideravelmente.
Mulheres negras (ou descendentes) têm mais probabilidades de ter uma gravidez gemelar que mulheres asiáticas (ou descendentes).
Um fato interessante é que, mulheres de estatura alta têm entre 25 e 30% mais chances de terem gêmeos.

Pouco se sabe quanto à ocorrência de gêmeos idênticos. Há indícios de que a ocorrência tem um componente hereditário envolvido mas, o fator que leva um zigoto (óvulo fecundado) a se dividir ainda não está totalmente esclarecido.
No entanto, sabe-se que um tratamento in vitro, está cientificamente demonstrado que há maior possibilidades de que o zigoto depois de sua implantação no útero, divida-se em dois (ou três), surgindo então gêmeos ou trigêmeos idênticos.
Publicação:
Avaliar esse artigo:

Avaliação do artigo no momento: 3.5/5 (409 votos)





Tópicos mais recentes no Fórum
Mamães de abril de 2015
Ajuda...plano sem carência, alguém já fez?
Pegue o bonde andando e venha papear.....nº10
Pegue o bonde andando e venha papear.....nº10
Fiv ou tec - 11º parte
Eu te curto, e você me curte?
Beta hcg 170.3 baixo ou alto?
Mamães de agosto 2014 / 3º trimestre parte ii
Ebola será?
Sinceramente meninas...
Mais artigos
Como vencer as doenças com a auxílio da macrobiótica
Procure relaxar no trabalho
Pele do bebê
Guia esclarece o passo-a-passo de adoção
Saiba mais sobre as contrações
Criança com dor de ouvido
Regras para uma família feliz
A importância do aconselhamento genético
Aborto: 50% estão relacionados com malformação cromossômica
Casa Hope, exemplo de solidariedade

Artigos dos Usuários
Últimas artigos

 Pug uma raça adorável
 História da mãe de anjo
 Infertilidade e luf
 Hidratação ou cauterização
 Infertilidade
Mais lidos
 Dicas para engravidar que os m...
 O que é a nidação???
 Dicas para se ter um menino!
 Como curar uma gripe sem o uso...
 Manchas de pele na gravidez
Outros artigos
 Estou triste... mas sou feliz
 Dicionário de baianês
 Feijoada
 Prevenir é melhor que remediar
 Educando financeiramente a pró...





      Participe em uma das maiores e mais simpáticas redes de amigas do mundo! São 5 milhões de mulheres todo mês! FECHAR [X]