2466 usuários online no momento.
Participe em nossa comunidade é divertido e é totalmente gratuito!

Pr-eclmpsia

O que ?
(tambm conhecida por Toxemia e, quando o quadro acrescido de convulso e coma constitui-se a eclmpsia).
caracterizada por hipertenso (alta presso arterial), edema (reteno de lquidos) e proteinria (presena de protena na urina).
Se manifesta na segunda metade da gravidez (aps a 20a semana de gestao) e pode evoluir para convulso e coma mas essas condies melhoram com a sada do feto e placenta.

No meio mdico, o termo preferivelmente usado MHEG - Molstia Hipertensiva Especfica da Gravidez.
O termo toxemia, apesar de consagrado, no to fiel, pois nunca se demonstrou a existncia de uma toxina que levasse a esta molstia.
A pr-eclmpsia pode ser leve ou severa (grave). Porque a pr-eclmpsia pode severamente restringir a circulao sangunea para a placenta, o beb pode ser perigosamente afetado.
Se no tratada, a pr-eclmpsia pode se desenvolver em uma eclmpsia, o que pode ser ainda mais perigoso tanto para a me quanto para o beb.
A reteno de lquidos ocorre porque a toxmica tem menor capacidade de excretar sdio e portanto, o retm, mesmo sob dietas hipossdicas.

Quais os riscos?
Em cerca de 10% das gestaes h a incidncia de molstia hipertensiva, em sua maioria, na forma de pr-eclampsia.
Assim, para cada 1.000 gestaes h 100 gestantes com pr-eclmpsia (a maioria leve) e uma com eclmpsia.
A ocorrncia tambm fica mais restrita primeira gravidez e, embora voc possa desenvolver a pr-eclmpsia mesmo que nunca tenha tido problemas de hipertenso antes, voc est em maior risco se j tinha problemas de presso alta antes da gravidez ou se h casos em sua famlia.

Como prevenir?
A pr-eclmpsia relativamente rara e embora no h exatamente como se prevenir, o que voc pode fazer assegurar que est tendo bons cuidados pr-natais para detectar o problema ainda nos primeiros estgios e receber um tratamento.
Na verdade, os testes de urina e a medio de sua presso ao longo da gravidez para detectar problemas como este.

Como tratar?
O tratamento da pr-eclmpsia leve resume-se em repouso, de preferncia em decbito lateral esquerdo (acredita-se que essa posio ajuda na circulao sangunea para o tero e rins) e pouco sal (6g ao dia). No aconselhvel o uso de diurticos e hipotensores.
Em muitos casos, a presso arterial volta ao normal com esse tipo de tratamento clnico. O repouso pode ser em casa em alguns casos mas em outros necessrio que seja no hospital.
Caso a presso arterial no abaixe necessrio a observao em leito hospitalar com o objetivo de permitir que a gravidez continue at que o feto esteja em condies (maturidade e peso) para ser extrado, constituindo o tratamento obsttrico.
Este se baseia na antecipao do parto, quando prximo ao termo (39 semanas).
Se houver condies obsttricas favorveis, pode-se induzir o parto, com o descolamento das membranas, a amniotomia e o uso de ocitocina, se necessrio, para obter parto por via transplvica.
Caso no haja condies ou resposta adequada induo, uma cirurgia cesria pode ser utilizada.

O tratamento clnico da pr-eclmpsia grave igual ao da eclmpsia. As pacientes devem estar internadas, fazendo-se uso de anticonvulsivante e medicao antihipertensiva.
O tratamento obsttrico tambm baseado na antecipao do parto (38a ou 39a semanas) com frcipe de alvio caso o trabalho de parto esteja presente e avanado ou cesrea, podendo-se utilizar anestesia de conduo (a no ser quando as plaquetas estiverem baixas).

No h evidncias de que as mulheres que tiveram pr-eclmpsia durante a gravidez iro ser hipertensas no futuro, mas se ocorrer hipertenso, ser na mesma proporo da populao geral e no pela pr-eclmpsia ou toxemia. Claramente, a pr-eclmpsia no deve ser subestimada.

Se voc notar qualquer sintoma de inchao excessivo e presso alta, no hesite em comunicar imediatamente o seu mdico.
Quanto antes diagnosticada, mais efetivo ser o tratamento. Quanto ao recm-nascido, encontra-se altos ndices de prematuridade (80%), muitas vezes motivada pela prpria antecipao do parto, e em 30% dos casos eles so pequenos para idade gestacional.


 Publicação: 

Avaliar esse artigo:

timo!

Agradecemos sua opinião.
Sua participação é de grande ajuda.

Fale com seus amigos sobre este artigo.

×

Este artigo foi avaliado 183 vezes
A avaliao est em 4.04




 

©1999-2017 E-familynet - O portal da família


Em Breve.

Google+ e Twitter Login

Estamos trabalhando em outras variedades de login para permitir que voc acesse o e-familynet atravs de sua rede social favorita. Por enquanto, recomendamos que voc use o login do Facebook.

Por favor, tente novamente em breve.

×
Clique aqui
Receba semanalmente em seu e-mail informações sobre o desenvolvimento fetal:
(Dúvidas? calcule aqui a data do parto.)
Qual a data estimada de nascimento?

Email:
VAI