2225 usuários online no momento.
Participe em nossa comunidade é divertido e é totalmente gratuito!

Estgios do trabalho de parto

O trabalho de parto compe-se de alteraes que o corpo precisa fazer para que o nascimento do beb ocorra.
Estas alteraes tm um incio, uma evoluo e a finalizao que a chegada to esperada do beb. Chama-se de estgios estas diferentes fases do trabalho de parto e so divididas em trs partes:

Primeiro estgio - Dilatao do colo
Este estgio inicia-se assim que as contraes comeam a regularizar-se e termina com a dilatao completa.
A dilatao do colo inicia-se lentamente, expressa em centmetros, pelo toque, cada dedo equivalendo de 1,5 a 2 cm. No incio de 2 cm e no fim, atinge 10 cm.
O processo de dilatao pode ser bem demorado e levar entre 5 e 9 horas. Nessa fase, as contraes duram em mdia 30 ou 40 segundos, com o intervalo entre as contraes diminuindo para 5 minutos. Estas contraes ainda so leves.
Algumas mulheres comparam com contraes j sentidas durante o perodo menstrual. As contraes so sentidas na parte baixa das costas passando para frente, abaixo do abdmen.

Neste momento, as emoes da mulher podem se misturar e ela se dividir entre felicidade por saber que o fim da gravidez est perto e que logo o beb vai estar em seus braos. Ou tambm, ela pode estar apreensiva e chorar de medo, principalmente se for a primeira gravidez. As contraes vo se tornando mais intensas e o colo vai se dilatando com um pouco mais de velocidade. Agora o intervalo vai diminuindo para trs minutos, e as contraes duram em mdia 60 segundos e podem doer j bastante.
Nessa fase, a mulher j no conversa muito e est bem concentrada. Se a mulher no estiver muito cansada, ela pode sentar-se e tambm andar durante o trabalho de parto. Caso o hospital no permita ou a mulher no queira, mudar de posio a cada 30 minutos aconselhvel mesmo assim. Alguns hospitais oferecem a change de tomar um banho e/ou relaxar em uma banheira com gua morna. A ltima fase, vem com a centralizao do colo do tero. Agora a dilatao deve chegar aos 10cm.
As contraes so intensas e vm com fora total, duram entre 60 e 90 segundos com intervalos de 2 ou 3 minutos. O descanso agora pouco. Nesse ponto a mulher deve concentrar-se em sua respirao. Ela pode estar muito irritada nesse momento mas natural, a dor muito forte. Tambm, ela pode sentir tremedeira, ter nsia de vmito (pode at vomitar), e ter ondas de calor e em seguida ondas de frio. Se a bolsa de gua ainda no partiu, provavelmente o seu mdico vai part-la. A partir da a mulher comear a sentir uma necessidade de empurrar.

Segundo estgio - Expulso
Este estgio comea com a dilatao completa do colo do tero (10cm) e a mulher comear a empurrar voluntriamente o beb. As contraes so muito intensas e dolorosas e duram entre 60 e 90 segundos. Chegando ao final, a mulher poder sentir conforme o beb vai aproximando-se da sada e ela poder sentir uma espcie de queimao durante a coroao (quando a cabea do beb atinge a vulva) e uma dor intensa com a sada do beb.
Mas essa dor leva questo de segundos e o fim desse estgio vem com o alvio e felicidade em ver o beb.

Terceiro estgio - Dequitao ou sada da placenta
Este o mais curto dos estgios. o momento de expulso da placenta e da bolsa de lquido aminitico vazia que ocorre com contraes uterinas, sim, elas voltam.
Desta vez porm, as contraes so menos intensas que as contraes sentidas anteriormente na ltima fase do nascimento do beb. Este processo de expulso ocorre nos primeiros trinta minutos seguintes ao parto e na maioria das vezes leva entre 5 e 15 minutos.
Com a sada da placenta, inicia-se um sangramento intenso que tem origem na ferida deixada no tero pelo desprendimento da mesma.
O mdicos ou enfermeiros apalparam seu abdmen para verificar se o tero est se contraindo. O sangramento diminui consideravelmente j nas primeiras horas porm durar entre 20 e 50 dias, este ser o perodo de quarentena da mulher.

Quarto estgio Perodo de Greenberg
O perodo de Greenberg comea aps o nascimento do beb e desprendimento da placenta e dura por volta de 1 hora.
Agora hora de me e beb se tocarem enquanto a me vai aos poucos se recuperando.
A equipe mdica estar examinando a placenta e cordo umbilical, verificando se no houve nenhum rompimento anormal e hora de fazer as suturas (com anestesia local) caso houve episiotomia ou rasgos.
Ser tambm observado o comportamento do tero e vagina. Onde observado se o seu tero est contrado, porque isto impede que ele sangre.
Caso o tero no esteja contrado e voc sangre alm da conta, ser necessrio ento que o mdico tome algumas medidas para diminuir o sangramento. Ele poder ento massagear o tero com fora, pedir que voc estimule levemente seus mamilos ou te dar uma injeo com medicamento, como o metilergonovina ou a ocitocina, que faz o tero contrair.

Aps este perodo o tero deve estar firme e voc em fase de descanso para voltar para o quarto e dormir um pouco depois deste grande esforo.


 Publicação: 

Avaliar esse artigo:

timo!

Agradecemos sua opinião.
Sua participação é de grande ajuda.

Fale com seus amigos sobre este artigo.

×

Este artigo foi avaliado 242 vezes
A avaliao est em 4.13




 

©1999-2016 E-familynet - O portal da família


Em Breve.

Google+ e Twitter Login

Estamos trabalhando em outras variedades de login para permitir que voc acesse o e-familynet atravs de sua rede social favorita. Por enquanto, recomendamos que voc use o login do Facebook.

Por favor, tente novamente em breve.

×
Clique aqui
Receba semanalmente em seu e-mail informações sobre o desenvolvimento fetal:
(Dúvidas? calcule aqui a data do parto.)
Qual a data estimada de nascimento?

Email:
VAI