2492 usuários online no momento.
Participe em nossa comunidade é divertido e é totalmente gratuito!

Vasectomizado casado com mulher mais jovem recorre à Fertilização in Vitro (FIV)

Grupos de homens que já foram pais satisfazem desejo dele ou da companheira de terem um filho em comum
Um dos subgrupos de casais que buscam auxílio das clínicas de reprodução é formado por um vasectomizado na faixa etária dos 40 a 50 anos que casou-se novamente com uma mulher pelo menos 10 anos mais nova e deseja ter filhos com ela.
É o tipo de caso de solução mais simplificada. O homem vasectomizado dispõe de espermatozoides, ainda que não mais os ejacule.
Esse perfil de paciente beneficia-se diretamente de uma técnica que já completou uma década de vida, e praticamente eliminou o problema da infertilidade de causa masculina, a ICSI (Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoides). A técnica, que consiste na injeção de um espermatozoide dentro de um óvulo, é colocada em prática no laboratório de embriologia da clínica de reprodução assistida. Os embriões são fecundados e implantados no útero da mulher.

Antes dessa fase laboratorial, o especialista em reprodução assistida lança mão de outra técnica, a Aspiração de Espermatozoide do Epidídimo (PESA), que beneficia justamente os homens cuja ejaculação não contém mais espermatozoides, seja porque são vasectomizados ou porque tiveram em algum momento de sua vida uma infecção que produziu obstrução no canal deferente. Somando-se o momento da captação do gameta e seu encontro in vitro com o óvulo, eles obtêm taxas de sucesso na capacidade de gerar filhos similares às de homens com ejaculado normal.
Dados de um estudo realizado pelo Instituto de Psicologia da USP destacam a permanência da opção masculina por mulheres muito mais jovens a partir do segundo casamento. As estatísticas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que 70% dos casais permanecerão juntos por até dez anos, após casarem-se na faixa etária dos 20 anos.
Ao se separarem, o homem tende a buscar uma companheira nove anos mais jovem, uma expectativa que tende a se manter com o envelhecimento. Ao contrário da mulher, cuja produção de óvulos cessa com a menopausa, o homem continua produzindo seus gametas.
Para aqueles que não produzem mais espermatozoides, é colhida a célula precursora do gameta - espermátide - diretamente no testículo. Somente os que têm contagem zero não conseguem ter seus próprios filhos, limitando-se hoje a um universo inferior a 1% dos homens com problemas de fertilidade.

Clínica Vida


 Publicação: 

Avaliar esse artigo:

Ótimo!

Agradecemos sua opinião.
Sua participação é de grande ajuda.

×

Este artigo foi avaliado 197 vezes
A avaliação está em 4.04



 

©1999-2018 E-familynet - O portal da família


Em Breve.

Google+ e Twitter Login

Estamos trabalhando em outras variedades de login para permitir que você acesse o e-familynet através de sua rede social favorita. Por enquanto, recomendamos que você use o login do Facebook.

Por favor, tente novamente em breve.

×