1093 usuários online no momento.
Participe em nossa comunidade é divertido e é totalmente gratuito!

M

• Maturação espermática
Processo através do qual os espermatozóides adquirem a capacidade de entrar em contacto com o ovócito, penetrar nos seus revestimentos e fundir com seu núcleo (capacidade de fertilização). Este processo envolve uma série de trocas moleculares entre os espermatozóides e os fluídos epididimários. Durante a maturação espermática, os espermatozóides também desenvolvem a sua capacidade de mobilização (motilidade espermática).

• Meio de cultura
Destinam-se ao cultivo de microorganismos. Estes meios fornecem os princípios nutritivos indispensáveis ao seu crescimento. Entre os principais está uma fonte de carbono (geralmente açúcar) e energia.

• Menopausa
Fim da ovulação da mulher e, logo, da sua capacidade reprodutiva.

• Menstruação
Ciclo mensal que se traduz numa pequena hemorragia, resultante de um óvulo que, aquando da ovulação, é libertado e não fertilizado.

• MESA (Microsurgical Epididymal Sperm Aspiration)
Aspiração Microcirúrgica de Espermatozóide do Epidídimo. Técnica de obtenção de espermatozóides no epidídimo de homens azoospérmicos, em geral por causa obstrutiva, através de aspiração microcirúrgica do epidídimo exposto por incisão da bolsa escrotal.

• Micromanipulação
Uma variedade de técnicas que podem ser realizadas num laboratório sob microscopia. Um embriologista manipula o óvulo e os espermatozóides para aumentar as hipóteses de gravidez. (Veja Injeção Intracitoplasmática de Espermatozóides, ICSI.)

• Micromanipulador
Aparelho utilizado para a realização da Injeção Intracitoplasmática de Espermatozóides, ICSI. (Veja Injeção Intracitoplasmática de Espermatozóides, ICSI.)

• Mioma
Tumor benigno (não-maligno e que não determina risco de vida) de tecido fibroso que pode ocorrer na parede uterina. Pode ser totalmente sem sintomas ou causar padrões menstruais anormais ou infertilidade.

• Mobilidade
O mesmo que motilidade.

• Monitorização da ovulação
Observação, através de ecografias, da ovulação, nomeadamente quando esta é estimulada por medicamentos.

• Morfologia
Forma dos espermatozóides em relação às três principais partes analisadas. Cabeça, peça intermediária e cauda.

• Motilidade
Capacidade dos espermatozóides em nadar. Motilidade deficiente significa que os espermatozóides têm dificuldade para nadar em direção ao óvulo.

• Muco cervical
Secreção eliminada pelo colo uterino por ação da hormona Estrogênio. Normalmente é espesso, mas torna-se mais fino durante o período de ovulação, possibilitando a passagem dos espermatozóides da vagina para o útero e sua sobrevivência.


 Publicação: 

Avaliar esse artigo:

Ótimo!

Agradecemos sua opinião.
Sua participação é de grande ajuda.

×

Este artigo foi avaliado 125 vezes
A avaliação está em 4.06



  

©1999-2018 E-familynet - O portal da família


Em Breve.

Google+ e Twitter Login

Estamos trabalhando em outras variedades de login para permitir que você acesse o e-familynet através de sua rede social favorita. Por enquanto, recomendamos que você use o login do Facebook.

Por favor, tente novamente em breve.

×